fbpx

#vembrilhar com a Dra Tatiana Chevrand no Lounge de Debate | UM DIA PARA BRILHAR

Olá, pessoal!

Respondendo a solicitação de muitas das participantes do evento UM DIA PARA BRILHAR, estamos disponibilizando neste post todas as perguntas feitas para a dermatologista Dra. Tatiana Chevrand no Lounge de Debates, assim, claro, como suas respostas!

Aproveitem todas as dicas para lapidar mais seu BRILHO!

 

Lara Puzzo: Para iniciar, porque é tão falado o uso do filtro solar na mídia e nos consultórios de dermatologistas?

Dra. Tatiana Chevrand: O filtro solar é a forma mais adequada de se prevenir as doenças da pele, como manchas, envelhecimento precoce e o mais importante:  o câncer de pele. É papel do dermatologista não só tratar as doenças, mas o mais importante é a prevenção destas. Prevenção significa melhores resultados, menos sofrimento e custo mais baixo. Lembrar que o filtro solar não deve ser utilizado como a única forma de proteção contra o sol. Deve ser associado a uso de proteção mecânica como roupas, chapéus, luvas e também a horários adequados de exposição. E o câncer de pele raramente é fatal, mas vai deixando cicatrizes na pele.

 

Lara Puzzo: Mas muitas pessoas, principalmente homens, se queixam que o filtro solar deixa a pele oleosa, com cheiro ruim…como conduzir esses casos?

Dra. Tatiana Chevrand: A indústria farmacêutica tem trabalhado muito nesse sentido. Vimos ao longo desses 20 anos a evolução impressionante da qualidade dos protetores solares. Hoje paciente nenhum sai do consultório sem achar um filtro solar que se adeque a sua pele. Os veículos são vários (gel, gel creme, oil free), as cores também, o que agrada muito às mulheres, pois além de substituir a base ou o pó, otimiza o nosso tempo, sem a necessidade de aplicar filtro e depois a maquiagem por cima. A grande novidade agora são os filtros solares que protegem o DNA das células, contribuindo ainda mais para a prevenção de doenças da pele.

 

Lara Puzzo: Agora também tem se falado muito em relação à vitamina D. Qual é a orientação?

Dra. Tatiana Chevrand: 90% da vitamina D é produzida na pele a partir do sol. Então sem sol a produção de vitamina D fica insuficiente para a saúde do nosso esqueleto. O sol necessário é o perto do meio-dia. Mas diversos trabalhos têm mostrado que a exposição ao sol, sem filtro solar, de área correspondente ao dorso das mãos e antebraços, por 10 minutos todos os dias já produz vitamina D adequadamente.  Atualmente fazemos a dosagem da vitamina D antes de indicar sua suplementação, pois assim como sua falta, seu excesso também traz prejuízo ao nosso organismo (prisão de ventre, desidratação, fraqueza, vômitos, irritabilidade). E alguns alimentos são ricos em vitamina D como peixes, gema de ovo, queijo, cogumelos.

 

Lara Puzzo: Qual a idade que precisamos prevenir o envelhecimento precoce usando fitro solar e cremes?

Dra. Tatiana Chevrand: A criança a partir dos 6 meses de vida já deve usar filtro solar associado à proteção mecânica contra o sol. A hidratação da pele não somente da face, mas também do corpo, vai dar condições adequadas para a pele se manter saudável através da passagem dos anos. Os cremes ditos anti-idade têm sido prescritos para pacientes cada vez mais jovens, pois temos hoje muitas informações e a procura por prevenção está cada vez maior.

 

Lara Puzzo: E em relação a procedimentos cosmiátricos como toxina botulínica, preenchedores, laser…

Dra. Tatiana Chevrand: Atualmente esses procedimentos também estão sendo feitos cada vez mais precoce, de acordo com o grau de envelhecimento, que varia de pessoa para pessoa, dependendo da cor da pele, da genética, dos hábitos de vida. Temos pacientes de 26 anos que já têm rugas suficientes par justificar a indicação de toxina, assim como pacientes de 50 anos, morenas, que não têm nenhuma indicação. A vantagem de fazer esses procedimentos na hora adequada é que a resposta será sempre melhor, sem mudar a aparência do paciente e prevenindo que as rugas se aprofundem.

 

Lara Puzzo: E em relação aos ácidos, que têm sido cada vez mais comentados e indicados?

Dra. Tatiana Chevrand: Os ácidos são substâncias capazes de fazer maravilhas pela nossa pele. Além de produzirem colágeno deixando a pele mais firme, deixam a pele com aspecto mais bonito, mais uniforme, lisa, clareando manchas e também ajudam a prevenir o câncer de pele. Existem vários tipos de ácidos, de diferentes concentrações. Para saber o mais adequado para sua pele é necessário avaliação do seu dermatologista, pois alguns são contra-indicados para alguns tipos de pele, não podem se usdosr na gestação e têm  efeitos colaterais que seu médico saberá controlar.

 

Lara Puzzo: E o papel dos cremes que previnem o envelhecimento?

Dra. Tatiana Chevrand: Ajudam e muito. São usados em conjunto com os ácidos. Existem várias substâncias usadas, algumas antigas que ainda têm seu lugar e outras mais modernas.

 

Lara Puzzo: Uso de antioxidantes orais para prevenção de envelhecimento.

Dra. Tatiana Chevrand: Existem inúmeros suplementos que ajudam a evitar o envelhecimento. Vários trabalhos mostram sua eficácia. Geralmete são vitaminas que protegem nossas células.

 

Lara Puzzo: Uso de fotoprotetor oral

Dra. Tatiana Chevrand: Atualmente trabalhamos com o fotoprotetor oral associado aos tratamentos tópicos. Nunca para substituir o uso de filtro solar tópico ou as medidas de proteção mecânicas. São substâncias que atuam em nível celular ou molecular, reduzindo os danos gerados pela radiação solar.

 

Bom, depois de ler isso, corra e passe seu filtro solar! #vembrilhar

2015-10-02T14:54:39-03:00
Atendimento Whatsapp